Casos de negação do Holocausto crescem em 77 % no Canadá


Incidentes antissemitas no Canadá aumentaram 3,7 por cento em 2012, e a negação do Holocausto subiu 77 por cento, revelou uma auditoria anual.
O relatório divulgado pela Liga de Direitos Humanos da B’nai B’rith Canadá mostrou que houve 1.345 incidentes antissemitas no Canadá em 2012, contra 1.297 em 2011. A análise destacou várias anomalias regionais, como um aumento no número de incidentes antissemitas na faixa de 25 por cento em três províncias mais ocidentais do Canadá. Além disso, na província de Quebec (excluindo a cidade de Montreal), houve um aumento de quatro vezes.

canada

“Estamos particularmente preocupados com resultados de aumento da participação nestes incidentes por autores que se autoidentificam como muçulmanos que são, aparentemente, apoiados por ideologias islâmicas do ódio e da violência,” disse Frank Dimant, o presidente da B’nai B’rith do Canadá.
Dimant disse que a auditoria revelou uma diminuição global do vandalismo e da violência, mas um aumento de 10,6 por cento em incidentes de assédio.
“Os judeus foram alvo em suas casas e em seus locais de trabalho, em seu caminho para a sinagoga ou voltando da escola”, disse Dimant. “A linguagem passou para “matem os judeus”, com casos de negação do Holocausto aumentado em 77 por cento e as ameaças cada vez mais, explícitas e abertas.”

fonte: enviado graciosamente por Rua Judaia, 10 de maio de 2013

Anúncios