CRISTÃOS SOFREM OPRESSÃO RELIGIOSA NO IRÃ


Segundo o britânico Daily Mail, quatro cristãos no Irã receberão 80 chibatadas cada um por beber vinho durante um serviço de comunhão e de possuir uma antena de satélite. Isto vem como um lembrete de que o Irã, após a eleição de Hassan Rohani como presidente, e apesar das promessas de expansão dos direitos civis, ainda tem uma política de perseguição realizada pelos aiatolás.

Irã

Como o Daily Mail relatou, os homens foram condenados em 6 de outubro e o seu veredicto dado em 20 de outubro, com 10 dias para recorrer da sentença depois de quebrar as leis da teocracia.

Mervyn Thomas, diretor executivo da Christian Solidarity Worldwide (CSW), disse: “As sentenças proferidas a esses membros da Igreja do Irã efetivamente criminalizam o sacramento cristão da partilha da Ceia do Senhor e constituem uma violação inaceitável no direito de praticar a fé livremente e pacificamente”.

Beber vinho é proibido no Islã. As autoridades iranianas também têm lutado por anos contra a instalação de satélites piratas côncavos que expõem aos cidadãos do país transmissões estrangeiras, ajudando-os a contornar a censura rigorosa imposta pelo regime.

Ahmed Shaheed, enviado especial das Nações Unidas sobre os direitos humanos no Irã, disse que é uma prática comum, cristãos serem punidos por violar as leis teocráticas, apesar das promessas do Presidente Hassan Rohani de revogar o tratamento duro.

No relatório das Nações Unidas, ele escreveu: “Pelo menos 20 cristãos estavam sob custódia em julho de 2013. Além disso, as violações dos direitos dos cristãos, particularmente aqueles pertencentes a grupos evangélicos, muitos dos quais são convertidos, de origem muçulmana, continuam a ser relatadas. ”

Em resposta ao relatório, o governo iraniano criticou as descobertas do Dr. Shaheed.

De acordo com o Daily Mail, o governo iraniano reprimiu a liberdade religiosa em uma tentativa de parar o aumento do cristianismo, vendo-o como uma ameaça à religião ultra-ortodoxa islâmica xiita do país.

fonte: rua judaica 01 de novembro de 2013

Anúncios