Pessach 2014


Pesach-border
Este ano, o 1º Seder de Pessach, em 15 de Nissan, será na segunda-feira à noite, 14 de abril. Os preparativos para Pessach têm início na noite anterior, após o pôr-do-sol de domingo, 13 de abril.

Fonte Revista Morasha Edição 83 – abril de 2014

Bedicat Chametz
busca do chametz – Busca do chamets domingo, 13 de abril, após as 18:30 hs
A vistoria do chamets deverá ser realizada em todos os locais onde, durante o ano, porventura tenha sido introduzido algum tipo de alimento considerado chamets – pão ou qualquer outro produto que contenha algum cereal das cinco espécies – trigo, cevada, centeio, aveia e trigo sarraceno, ou seus derivados. É costume colocar, de antemão, nas várias dependências da casa, dez pequenos pedacinhos de pão embrulhados. Antes de realizar a vistoria à luz de uma vela, recitamos o Bedicat Chamets, a bênção sobre a eliminação do chamets:
Baruch Atá Ad’nai Elohênu Mélech Haolam, Asher Kideshánu Bemitsvotáv Vetsivánu Al Biúr Chamets.

Bendito sejas Tu, ó Eterno, Rei do Universo, que nos santificaste com Teus mandamentos e nos ordenaste a queima do chamets.

Todo chamets encontrado nessa vistoria é guardado até a manhã seguinte, devendo ser queimado no mais tardar até às 10:30h da manhã do dia 14 de abril.

Imediatamente após a busca, devemos desconsiderar e anular o chamets recitando o trecho Kal Chamirá:

Kal Chamirá Deiká Birshutí Delá Chazitê Udelá Biartê Libtil Velehevê Keafrá Deará. (É costume sefardita recitar três vezes esta frase).

Todo o chamets que esteja em meu poder e existente em minhas propriedades, quer o tenha visto quer não o tenha visto, quer o tenha exterminado quer não o tenha exterminado, que seja anulado e considerado como o pó da terra.

Jejum dos primogênitos
segunda-feira, 14 de abril
Em gratidão a D’us, que poupou os primogênitos dos filhos de Israel da décima praga, todos os primogênitos devem jejuar durante o dia de Erev Pessach. Para se isentar do jejum, o primogênito deve comparecer na sinagoga e participar de um siyum (término do estudo de um tratado do Talmud), imediatamente após a prece da manhã, Shacharit.

Prazo máximo para o consumo de chametz
segunda-feira, 14 de abril, até 9:30hs

Pode-se ingerir pão ou outro alimento considerado chamets até 9:30h, sendo proibido após esse horário. Tampouco se pode comer matsá antes do Seder. (Só é permitido comer-se matsá ashirá, que contém ovos).

Biyur chametz (queima do chametz)
segunda-feira, 14 de abril, até 10:30hs
Queimar o chamets que tenha sobrado do café da manhã, juntamente com o chamets encontrado na busca da noite anterior, até, no máximo, 10:30h da manhã.

Após queimá-lo, renuncia-se mentalmente ao chamets que se possa ter esquecido de eliminar, mediante a recitação do trecho Kal Chamirá. Os sefaradim repetem-no três vezes e os ashkenazim, uma única vez:
Kal Chamirá Deiká Birshutí Dechazite Udela Chazite Debiarte Udela Biarte, Libtil Veleheve Keafrá Deará.

Todo o chamets que esteja em meu poder e existente em minhas propriedades, quer o tenha visto quer não o tenha visto, quer o tenha exterminado quer não o tenha exterminado, que seja anulado e considerado como o pó da terra.
Shetar harshaá (venda do chametz)
Tradicionalmente, após guardar o chamets em um quarto fechado ou congelador trancado, cada família dá uma procuração a um rabino para vender seu chamets a um não-judeu. A procuração para a venda do chamets deverá ser entregue, no máximo, até às 19:00h de domingo, 13 de abril.

A venda on-line do chamets estará disponível no site da Revista Morashá: http://www.morasha.com.br ou pelo Fax (11) 3662-2154.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s