Mantendo a Shechiná


fazer o certo

Se você não estiver fazendo nada errado, então estará fazendo o certo, correto? Errado!

Logicamente, isto não significa que se você está fazendo o que é errado você está fazendo o certo, ou que é certo fazer o errado. O que realmente significa é que você pode estar fazendo o certo por fora, mas o errado por dentro. E isso não é certo! O único que realmente faz o que é certo é aquele que é certo por dentro tanto quanto por fora.
Isso tudo nos conduz a uma questão importante. Conquanto possamos concordar em que o objetivo para o crente é ser bom tanto por dentro quanto por fora, suponha que você ainda não é bom interiormente. Não estaria em melhor condição sendo pelo menos bom por fora, se isso é o melhor que pode conseguir. Cuidado com a maneira como responde!

Hipocrisia-Benett

Precisamos considerar que “há os que professam servir a D’us, ao mesmo tempo que confiam em seus próprios esforços para obedecer à Sua lei, formar um caráter reto e alcançar a ‘uma vida piedosa’. Seu coração não é movido por uma intuição profunda do amor de D’us, mas procuram cumprir os deveres da vida religiosa como uma exigência de D’us a fim de alcançarem o Céu. Semelhante religião nada vale.” Ellen Gould White

Portanto, seja qual for o fim para que sirva a bondade exterior, ela não serve para a religião. Aqui não tem valor algum.
Bondade que existe somente no exterior é repulsiva a D’us. Ele sabe que o pecador declarado é mais facilmente alcançado pelo mechilá/perdão do que aquele que não sente qualquer necessidade. Aqueles que têm êxito em ser bons no exterior por seus próprios esforços, excluem-se da necessidade de um Salvador. E, sendo que não sentem nenhuma necessidade, não vêm a D’us para receber a yeshu’ah/salvação que Ele está esperando dar.
É possível encher a congregação com pessoas fortes, capazes de produzir o comportamento por ela requerido. E o comportamento do qual tanto se orgulham, torna-se uma barreira contra qualquer relacionamento pessoal com D’us.

O profeta Ieshaiáhu/Isaias no capítulo 64:05 nos diz claramente essa verdade:

“E nos tornamos todos como seres impuros, e toda nossa (aparente) integridade parecia como roupas poluídas; e nós nos desvanecemos como folhas transparentes, e nossas iniquidades nos carregaram como o vento.” Bíblia Hebraica Sêfer.

Se nós realmente crêssemos nisso, se realmente aceitássemos a tese de que a justiça exterior é não só inútil aos olhos de D’us, mas é-Lhe mesmo repugnante, deixaríamos de tentar fazer o que é certo. Em vez disso, dedicaríamos nosso tempo, energia e esforço em buscá-Lo, para que Ele possa vir a viver Sua vida em nós.
Isso o assusta? Teme desistir de tentar fazer o que é certo? Está disposto a envidar esforços em aceitar Sua justiça dia a dia num relacionamento contínuo com Ele? Se estiver sentindo-se nervoso, a estas alturas, intrigado sobre onde entraria o comportamento, não se assuste mais, busque ao Eterno de todo o teu coração e Ele te ouvirá e você poderá sentir a Sua Shechiná.
Santissimo

adaptado de Venden por Herança Judaica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s