Kapará, Mechilá e o Judaísmo Rabínico – Parte 1


Revista Virtual Herança Judaica

Leia o texto abaixo e responda a enquete:

Kapará e Mechilá são duas palavras em hebraico de grande significado em todo conhecimento bíblico, significam expiação e perdão respectivamente.
Nos tempos do Israel antigo, ambos os termos estavam associados aos serviços do Tabernáculo de Moisés, Mishkan Kodesh, no deserto e do Templo de Jerusalém, especialmente no Iom Kipur, dia da expiação.

Porém, após a destruição do Segundo Templo pelos romanos e o desenvolvimento do Judaísmo Rabínico estes termos passaram a ser aplicados de maneira bem diferente de sua origem.

O Judaísmo Rabínico teve sua origem com os fariseus, em hebraico, perushim, os separatistas ou interpretes da Torá. Este grupo interno do judaísmo no início da era comum se opunha ao literalismo bíblico dos mais aristocráticos e sacerdotais saduceus e ao ascetismo dos essênios.

Quando Jerusalém foi destruída no ano 70 e.c. os saduceus e essênios foram praticamente extintos, os fariseus ficaram…

Ver o post original 2.351 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s