Adventistas americanos fazem declaração sobre a candidatura de Ben Carson a presidência dos Estados Unidos


ben_carson_by_gage_skidmore_4

“Cuidados devem ser tomados para que o púlpito e todos os bens dos adventistas continuem sendo um espaço neutro quando se trata de eleições.”

A Divisão Norte Americana dos Adventistas dos Sétimo Dia fizeram uma declaração, a qual adaptamos abaixo,  sobre a pré-candidatura do Dr Ben Carson, neurocirurgião, pelo Partido Republicano.

À medida que o ciclo eleitoral de 2016 dos Estados Unidos começa, os Adventistas do Sétimo Dia estão cientes do interesse crescente na candidatura presidencial do Dr. Ben Carson. A história do Dr. Carson é bem conhecida para a maioria dos adventistas, e ele é um médico muito respeitado que a anos atrás fez a primeira separação de gêmeos siameses ligados pela cabeça com sucesso. (ASSISTA NO NETFLIX A SUA HISTÓRIA)

Os adventistas tem uma posição de longa data de não apoiar ou se opor a qualquer candidato a cargo eletivo. Esta posição baseia-se tanto sobre a nossa posição histórica da separação entre Religião e Estado e a lei federal aplicável em matéria de isenção de impostos a organizações religiosas.

Enquanto os adventistas do sétimo dia individuais são livres para apoiar ou se opor a qualquer candidato a cargo como entenderem, é crucial que a organização adventista como uma instituição permaneça neutra em relação a corrida presidencial. Cuidados devem ser tomados para que o púlpito e todos os bens do povo adventista continuem a ser um espaço neutro quando se trata de eleições. Seus pastores, obreiros e servidores também devem exercer extremo cuidado para não expressar pontos de vista como representantes denominacionais sobre qualquer candidato a cargo, incluindo o Dr. Carson.

Também queremos lembrar a todos os adventistas do sétimo dia, pastores e administradores da posição oficial sobre a separação de igreja e estado. Os adventistas tem trabalhado diligentemente para proteger os direitos religiosos de todas as pessoas de fé, não importando a sua filiação denominacional.

“Devemos, portanto, trabalhar para estabelecer a liberdade religiosa robusta para todos e não devemos usar a nossa influência com os líderes políticos e civis, quer para avançar nossa fé ou inibir a fé dos outros. Os adventistas devem tomar suas responsabilidades cívicas a sério. Devemos participar do processo de votação disponíveis para nós quando é possível fazê-lo em boa consciência e devemos compartilhar a responsabilidade de construir as nossas comunidades. Os adventistas não devem, no entanto, tornarem-se preocupados com a política, ou utilizar o púlpito ou nossas publicações para avançar teorias políticas. “(Declaração oficial da Organização Adventista do Sétimo Dia, adotada pelo Conselho Intereclesiástico/Relações inter-religiosas dos Adventistas do Sétimo dia em março de 2002.)

Os Adventistas do Sétimo Dia valorizam o Dr. Carson, como fazemos com todos os membros. No entanto, é importante para a nosso povo manter o seu apoio de longa data histórica para a separação de igreja e estado por não endossar ou fazer oposição a qualquer candidato.

fonte: http://www.adventistreview.org/

Anúncios