Exemplo de confiança


terça-feira

                Embora não fosse perfeito, Avraham foi um homem de D-s, e é muitas vezes usado na Bíblia, até mesmo na B’rit Hadashá, como exemplo de fidelidade e do que significa ser salvo pela emunah [fé] (ver Bereshit [Gênesis] 15:6; Gálatas 3:6).

  1. O que Hebreus 11:8-19 nos diz sobre Avraham e sua emunah que é tão importante para alguém que deseja ser emissário para D-s em qualquer área de atuação?

                HaShem desejava usar Avraham, mas a primeira coisa que Ele precisava era fazer com que o patriarca deixasse seu passado para trás. A lição dessa história deve ser óbvia para todos, especialmente os que não têm um passado em harmonia com a vontade e a Torah de D-s, o que na verdade inclui todos nós. Também é impressionante o fato de que, embora Avraham tivesse partido, foi “sem saber aonde estava indo” (Hebreus 11:8). Embora a maioria dos emissários saiba para onde está indo, pelo menos num sentido geográfico, na verdade não sabemos (pelo menos em curto prazo) onde iremos parar (ainda que, em longo prazo, tenhamos absoluta certeza). Se soubéssemos, não seria preciso muita confiança; portanto, esse desconhecimento é um pré-requisito para se viver verdadeiramente pela confiança. Outro ponto crucial é que Avraham esperava “a cidade que tem fundamentos permanentes, da qual o arquiteto e construtor é D-s” (v. 10).

hajj_e_a_historia_de_abraao

                O patriarca conservou em mente o quadro mais amplo. Ele sabia que valeria a pena enfrentar lutas, dificuldades e tudo mais para concluir a teshuvá. Sabia, também, que não era apenas um estrangeiro em “ָהאֶָרץ ַהמּוְּבַטַחת (ha -Aretz ha-Muvtachat [terra prometida])”, mas um dos muitos “estrangeiros e peregrinos sobre a Terra” (v. 13). OlamHaZê [Este Mundo], e nossa vida nele, por mais preciosos que nos pareçam agora, não constituem, nem de longe, a totalidade do quadro. E, é claro, o maior exemplo de confiança no Tanakh foi o que Avraham se dispôs a fazer com seu filho no Monte Moriyah por ordem de D-s.

                Você já experimentou o significado de dar um passo de confiança? Quais dificuldades enfrentou? Que alegrias viveu? Sabendo o que você sabe agora, o que poderia ter feito de modo diferente?

Leitura: Chumash Parashat Pinchas, 3ª Alyá (Números 26:52-27:5) Tehilim [Salmos] 97-103 – Leitura Reavivados por sua palavra: Revelação 15 e 16 Leitura Anual: Tehilim [Salmos] 135 a 139

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s