ESTUDO ADICIONAL


 Sexta-feira

 “Séculos depois de haver Na’aman retornado a sua pátria, curado no corpo e no espírito, sua maravilhosa emunah (fé) foi referida e louvada pelo Moshia [Salvador] como uma lição objetiva para todo aquele que professa servir a D-s. Haviam muitas pessoas com tzara’at em Yisra’el no tempo do profeta Elisha; o Moshia declarou, ‘mas nenhuma delas foi curada, senão Na’aman, o sírio’ (Lucas 4:27). D-s passou por alto muitos com tzara’at em Yisra’el, porque sua incredulidade lhes fechou a porta do benefício. Um nobre goy que havia sido fiel a suas convicções do direito, e que sentiu necessidade de auxílio, foi, à vista de D-s, mais digno de sua bênção do que os afligidos em Yisra’el, que haviam subestimado e menosprezado os privilégios que lhes haviam sido dados por D-s. D-s age em benefício dos que apreciam seus favores e respondem à luz que lhes é concedida do Céu” (Profetas e Reis, p. 252, 253 adaptado).

Jesus de Nazaré I

Perguntas para reflexão:

1. Há muita discussão sobre o que aconteceu após a cura de Na’aman. Em M’lakhim Bet [2 Reis] 5: 17-19, Na’aman fez uma poderosa confissão de fé, dizendo: “de hoje em diante teu servo não oferecerá oferta queimada a outro deus, senão a Adonai.” (v. 17). Contudo, logo depois ele disse: “Quando o meu senhor entra no templo de Rimmom para ali adorar, e se apoiar em minha mão, eu tenho de me curvar no templo de Rimmon – quando eu me curvar, que Adonai perdoe teu servo por isso” (v. 18). Quais são as implicações da resposta de Elisha? Até que ponto os emissários têm de exercer paciência e compreensão para com os novos conversos, especialmente quando esses vêm de um contexto religioso e cultural diferente? 2. Com que rapidez deve ocorrer a mudança no estilo de vida dos novos conversos? “A viúva de Sarepta e Na’aman da Síria tinham vivido à altura de toda a luz que possuíam; assim, eles foram considerados mais tzadikim [justos] que o povo escolhido de D-s que se tinha desviado dele, e sacrificado o princípio à conveniência e à honra mundana” (Atos dos Apóstolos, p. 416 adaptado). 3. A cura e a Yeshuah [Salvação] vieram a Na’aman por meio de uma emunah  [fé] revelada por suas oções. Qual é a relação entre confiança e ações? Por que é importante compreender os papéis fundamentais, mas distintos, de ambas na experiência da Yeshuah?

ESTUDO DIÁRIO

Leitura Chumash Parashat Matot-Massê, 6ª Alyá (Números 34:16-35:8) Tehilim [Salmos] 1-9 Leitura Anual: Mishlei [Provérbios] 28 a 31 Estudo Diário Kabalat Shabat – Recebimento

Anúncios