No Ventre do Grande Peixe


Terça-feira 

A experiência de três dias no ventre do grande peixe se tornou um tipo da morte e da ressurreição do Mashiach (Yochanan [João] 1:17-2:10; Mattityahu [Mateus]12:40). D-s providenciou e dirigiu o grande peixe. Embora haja relatos de pessoas que sobreviveram no mar após terem sido engolidas por uma baleia, precisamos nos lembrar de que foi D-s que providenciou aquele peixe específico e que foi seu poder miraculoso que preservou seu servo enquanto estava no interior do peixe. Isto é, no fim das contas, esse foi um evento miraculoso que só pôde ocorrer por meio da intervenção sobrenatural de HaShem, que é revelado ao longo de toda a Bíblia como um D-s pessoal que, de fato, intervém miraculosamente na vida das pessoas. Há evidências de que a expressão “três dias e três noites” era uma antiga figura de linguagem que expressava o tempo necessário para a viagem imaginária até o She’ol [שאול], nome hebraico para o domínio dos mortos. Considerando o que lhe aconteceu, Yonah de fato esteve, para todos os efeitos, morto. No ventre do peixe, Yonah começou a orar. Inutilmente, o capitão havia insistido com Yonah: “Invoca o teu deus” (Yonah [Jonas] 1:6). Agora, numa situação desesperadora, Yonah começou a orar seriamente.

jonas 3

Foi preciso algo assim, desesperador, para finalmente leva-lo a fazer o que ele devia ter feito o tempo todo. Um resumo da oração de Yonah foi preservado na forma de um salmo de ação de graças. Tais tehilim [salmos] comumente incluem cinco partes: (1) introdução; (2) descrição da angústia; (3) clamor a D-s por ajuda; (4) relato da atuação de D-s; e (5) a promessa de cumprir qualquer voto que tenha sido feito e de testemunhar da atuação salvadora de D-s. Isto é: “Eterno, se me livrares disto, prometo fazer tal e tal coisa”. Quem nunca orou assim? A pergunta é: Você cumpriu o que prometeu?
4. Leia Mattityahu [Mateus] 12:40. Como Yeshua tomou a história de Yonah e a aplicou a si mesmo? Leia também Yochanan [João] 2:19-22.
O capítulo termina com as palavras: “então Adonai ordenou ao peixe, e ele vomitou Yonah na terra seca” (Yonah [Jonas] 2:10). A ordem de D-s para o grande peixe produziu o que os marinheiros bem-intencionados não conseguiram fazer por Yonah. Da mesma forma que o Mashiach ordenou aos talmidim, após sua ressurreição, que fossem a todo o mundo, Yonah, após sua aventura subaquática, foi aos goyim e se tornou o mais bem-sucedido emissário do Tanakh. O livramento de Yonah deu testemunho da misericórdia salvadora de D-s. Sua chegada à praia, envolto em algas marinhas, testificou da determinação divina em salvar da morte até os pecaminosos assírios [Ashurim].

Leitura Chumash Parashat Devarim, 3ª Alyá (Deuteronômio 1:22-1:38) Tehilim [Salmos] 29-34 Leitura Anual: Shir-Hashirim [Cântico dos cânticos] 1 a 4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s