O Santuário Celestial na Bíblia Hebraica – III – Richard M. Davidson


            Um significativo estudo sobre o tema do templo/santuário celestial foi produzido por Richard M. Davidson. Em um artigo não publicado com data de 1976,[i] Davidson empreende um exame de várias passagens que lidam com o tema do templo/santuário celestial na Bíblia Hebraica. Tomando Êxodo 25:9 e 40 como ponto de partida, ele dedica especial atenção à tipologia vertical, ou seja, a correspondência entre o santuário celestial e seu equivalente terrestre. Davidson estudou dez passagens[ii] que contêm o tema do templo/santuário celestial e apontou para algumas outras[iii] onde essa ideia pode estar potencialmente presente. Como resultado desse estudo, emergiu a percepção de que o templo/santuário celestial funcionaria em íntima relação com seu correspondente terrestre, e que a presença desse tema na Bíblia Hebraica é muito mais ampla do que os estudiosos citados inicialmente tinham percebido. Outra contribuição de Davidson ao conceito de tipologia vertical foi desenvolvida em sua dissertação,[iv] na qual lida com as características e estruturas dos tipos e antítipos bíblicos. Particularmente relevante para o presente trabalho é seu detalhado estudo de tãbnît (“modelo”) em Êxodo 25:8,40, e suas implicações para uma correspondência vertical (céu-terra) do santuário.[v]

Santuario celestial 3

            Finalmente, deve-se salientar que o estudo de Davidson sobre o tema do santuário celestial e da tipologia bíblica contribuiu para demonstrar a necessidade e viabilidade de uma futura investigação sobre esse tópico.[vi] Assim, a presente pesquisa toma o estudo de Davidson com ponto de partida para um delineamento mais detalhado e abrangente da tipologia vertical do templo/santuário celestial na Bíblia Hebraica.

[i] Richard M. Davidson,  “The Heavenly Sanctuary in the Old Testamente, “TMs, 1981, Adventist Heritage Center, Berrien Springs, MI, 1-29.

[ii] Sl 11:4, 18:7(6) (par. II Sam. 2:7) 60:8 (6), 63:3 (2), 68:36 (35), 96:6 (par. II Crônicas 16:27), 102:20 (19), Isaias 6, Jonas 2:8 (7), Miquéias 1:2.

[iii] E.g., Deut. 26;5, Jer. 25:30, Zac. 2:17, 6:12, 13, Salmo 29:9, 68:6 (5), II Crônicas 30:27.

[iv] Richard M. Davidson, Typology in Scripture: A study of Hermeneutical tu, poj Structures. AUSDDS 2 (Berrien Springs, MI: Andrews University Press, 1981), 367-88.

[v] Vide ibid., 367-88, para uma discussão detalhada da “estrutura vertical em Êxodo 25:40.

[vi] Vide o excurso esclarecedor sobre a “estrutura vertical” e a discussão de tãbnît em Ricard M. Davidson, Typology in Scripture: A Study of Hermeneutical, Structures. AUSDDS 2 (Berrien Springs, MI: Andrews University Press, 1981), 367-88.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s