PUBLICADO CATÁLOGO FRANCES DE OBRAS ROUBADAS DOS JUDEUS PELOS LÍDERES NAZISTAS


Foi publicado um novo livro de catálogos de mais de 1.000 peças de arte recolhidas pelo oficial nazista Hermann Goering, muitas delas roubadas de judeus deportados para campos de extermínio.

Arquivos da França da Segunda Guerra Mundial ajudaram a produzir o livro que poderia ajudar na devolução para famílias judias de obras de arte roubadas pelos nazistas.

“Obras de arte nunca devem ser perdidas”, escreveu o chanceler francês Laurent Fabius em um prefácio para o novo livro, “de acordo com a AP.” Elas constituem um bem comum da humanidade. Esta verdade é intemporal; a publicação deste trabalho é uma ocasião para lembrar.”

O livro também inclui a descrição de um livro mantido por Goering que continha comentários sobre a qualidade do trabalho e notas de oficiais nazistas sobre de onde elas foram tiradas e quando.

 

No ano passado, a França devolveu aos seus legítimos proprietários três pinturas apreendidas pelos nazistas.

Todas as obras de arte identificadas como roubadas pelos nazistas são mantidas em museus franceses, em exposição, na esperança de que os anteriores proprietários, seus herdeiros ou cessionários possam identifica-las e reclamá-las.

 

www.ruajudaica.com

Anúncios