Planos contra o Profeta


Quinta-feira

6. Leia Yirmeyahu 18:1-10. Que importantes princípios de interpretação profética encontramos nesse texto?
7. Que princípios espirituais importantes encontramos também em Yirmeyahu 18:1-10?

jeremias 6

Apesar de todo o pecado do povo, o Eterno ainda estava disposto a dar-lhe uma chance de se arrepender. portanto, vemos ali também a graça de D’us sendo oferecida aos que quisessem aceitá-la. Mesmo naquele instante eles ainda tinham tempo de retornarem, apesar de tudo o que haviam feito. Nesses versos, podemos ver também que as profecias podem ser condicionais: D’us diz que fará algo, que, em muitos casos, significa trazer punição; mas se as pessoas se arrependerem, Ele as poupará do castigo. O que Ele fará é condicional e depende da nossa resposta. por que D’us agiria de maneira diferente? Ele admoestaria as pessoas a abandonar seus maus caminhos se planejasse castigá-las, mesmo que elas se arrependessem e abandonassem o pecado? Na verdade, caso se arrependam Ele não punirá, como o texto diz explicitamente.
8. Leia Yirmeyahu 18:18-23. Que razões as pessoas tinham para tentar prejudicar Yirmeyahu? Qual foi a resposta dele, que reflete sua natureza humana?
Yirmeyahu deve ter se sentido completamente frustrado ao ser condenado por pessoas que o atacaram porque, como disseram, desejavam salvar “conhecimento da Torah”, “nem capacidade de aconselhar entre os sábios”, “nem previsões nas palavras dos profetas.”. Como o coração pode, na verdade, enganar a si mesmo!
Que cuidado devemos ter ao fazer coisas em nome do Eterno?

Parashat Chumash parashat Vayerá, 5ª Alyá (Genesis 21:5-21:21) Tehilim 79-82; Leitura Reavivados por Sua Palavra: Vaykrá 20 Leitura Anual: Yochanan 1–3

Anúncios