História: Primeira Congregação Judaico Adventista


Uma sede permanente para a primeira Congregação Judaico-adventista no mundo foi dedicada livre de dívidas com um grande público reunido no reformado prédio que se tornou o Templo da Comunidade do Bronx, na cidade de New York, no dia 6 de março de 1954 pelo então, secretário de campo da Conferência Geral e presidente do Comitê editorial judaico, W. E. Read, que apresentou um estudo inspirador no culto da manhã.

W. B. Ochs, vice-presidente da Conferência Geral e presidente do Comitê de literatura judaica, pregou uma mensagem dedicatória, seguida pela oração de dedicação oferecida por L.E. Lenheim, então, presidente da União Atlântico.

Uma breve história da orientação providencial na localização e aquisição desta bela casa de adoração, uma antiga igreja reformada holandesa, foi dada por E. L. Branson. Com apenas quinze membros em 1949, Jay M. Hoffman e Abraham Potlin levantaram o dinheiro para a compra, cerca de vinte mil dólares em poucas semanas. Mas, a reforma que foi necessária custou aproximadamente quarenta e cinco mil dólares. A história de como esse dinheiro foi levantado é um emocionante relato de desprendimento e sacrifício. Depois de cinco anos está congregação chegou a ter cinquenta membros.  

judeu adventista primeira sinagoga judaico adventista

Superior esquerda: Interior do Templo da Comunidade do Bronx. Acima: da esquerda para a direita, Jay M. Hoffman, Gerald Sabes, e Abraham Potlin olham sobre um rolo da Torah usado durante os serviços no primeiro Templo judaico-adventista.

Tradução livre da Herança Judaica do artigo: First Hebrew Adventist Congregation, escrito por E.L. Branson na The Advent  Review and Sabbath Herald 13 de maio de 1954, vol. 131, nº 19 – documents.adventistarchives.org

Anúncios