BÍBLIA DE HITLER CAI EM DOMÍNIO PÚBLICO


Você venderia a maior peça de propaganda nazista da história? Eis a questão a pairar sobre os maiores livreiros do país, desde que a Geração Editorial anunciou sua nova publicação: “Mein Kampf” (“Minha Luta”), misto de autobiografia e panfleto antissemita de Adolf Hitler (1889-1945). O “clássico maldito” –definição do fundador da editora, Luiz Fernando Emediato– cai em domínio público em janeiro de 2016, 70 anos após a morte do ditador alemão, aos 56. Por ora, seus direitos autorais estão nas mãos do Estado da Baviera, “herdeiro” da obra –Hitler não teve filhos, e sua editora, a Franz Eher Nachfolger GmbH, que publicava de romances a calendários para o partido nazista, foi extinta com o fim da Segunda Guerra. Desde então, a praxe do governo local é desautorizar novas edições do livro. A partir de 2016, porém, quem quiser publicar, pode publicar. A própria Baviera lançará uma edição comentada (clique aqui e leia mais)

www.ruajudaica.com

Anúncios