ENCONTRADA IMPRESSÃO DO SELO DO REI EZEQUIAS PERTO DO MONTE DO TEMPLO



A impressão de um selo do Rei Ezequias (698-727 aC) foi descoberta no sopé da parede sul do Monte do Templo, a primeira vez que um selo de um rei israelita ou da Judéia é encontrada numa escavação arqueológica científica.

A descoberta foi feita nas escavações Ofel, ao pé da parede sul do Monte do Templo, sendo conduzida pelo Instituto de Arqueologia da Universidade Hebraica de Jerusalém sob a direção do Dr. Eilat Mazar.

Medindo 9,7 x 8,6 milímetros, a impressão oval foi impressa em uma bula macia e espessa (pedaço de argila inscritas) de 3 milímetros, medindo 13 X 12 mm. Em torno da impressão está a depressão esquerda da estrutura do anel, em que o selo foi definido.

A impressão que tem uma inscrição no hebreu antigo que diz: “Pertencente a Ezequias (filho de) Acaz, Rei de Judá. Há também um sol de duas asas, girando para baixo – Ankh (personagem egípcio que simboliza a vida eterna).

A bula originalmente selava um documento escrito em um papiro enrolado e amarrado com cordas finas. Ela foi descoberta em um despejo de lixo datada do tempo do Rei Ezequias, ou logo após, e veio de um edifício real que ficava ao lado dele.

Este edifício, um de uma série de estruturas que também incluiu uma portaria e torres, foi construído na segunda metade do século 10 aC (o tempo do Rei Salomão), como parte das fortificações da Ofel – o novo bairro governamental que foi construído na área que liga a Cidade de Davi com o Monte do Templo.

Dr. Eilat Mazar disse que “apesar de impre

ssões de selos com o nome de Rei Ezequias já terem sido conhecidas a partir do mercado de antiguidades, desde meados da década de 1990, alguns com um besouro e outros com um sol alado, esta é a primeira vez que uma impressão de selo de um Rei israelita ou da Judéia aparece numa escavação arqueológica científica.”

A impressão histórica foi encontrada em camadas úmidas do solo escavado, durante uma escavação renovada, que começou há seis anos, e financiada por Daniel Mintz e Meredith Berkman de Nova York, em cooperação com a Autoridade de Antiguidades de Israel, que realiza o trabalho de conservação e preparação do local para os visitantes. As escavações estão sendo realizadas no Parque Arqueológico de Ofel que faz parte do parque natural circundante das muralhas da Cidade Velha de Jerusalém.  


www.ruajudaica.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s