Comunidade judaica realizará em Brasília a cerimônia do Dia Internacional do Holocausto



A Confederação Israelita do Brasil promoverá no próximo dia 27 de janeiro, às 19 horas, no Edifício-Sede da Ordem dos Advogados do Brasil, em Brasília, a cerimônia do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, solenidade instituída pela ONU.

Além da homenagem aos seis milhões de judeus assassinados, serão lembrados especialmente Ben Abraham e Aleksander Laks, falecidos em 2015. Estarão presentes sobreviventes do Holocausto, representantes de outras comunidades vítimas do nazismo e de perseguições e autoridades federais, estaduais e municipais.

A solenidade tem também por objetivo ligar a lembrança histórica do genocídio nazista à promoção dos direitos humanos. Neste ano, o tema escolhido pela Conib é o combate à intolerância.

A cerimônia representa um momento importante de reflexão sobre um capítulo nefasto da história, e de ação para fortalecer a ideia da democracia no mundo, de respeito às diferenças, para impedir que novos episódios como aqueles aconteçam, afirma Fernando Lottenberg, presidente da Conib.

A data, criada em 2005 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, marca o dia em que tropas soviéticas libertaram o campo de extermínio de Auschwitz, na Polônia, em 27 de janeiro de 1945. A ONU, em resolução apoiada pelo Brasil, pede aos países-membros que elaborem programas de educação sobre o Holocausto e “condena sem reservas todas as manifestações de intolerância religiosa, de incentivo ao ódio, de perseguição ou de violência contra pessoas ou comunidades por causas étnicas ou religiosas e rejeita qualquer negação do Holocausto como fato histórico”.

www.ruajudaica.com

Anúncios