O Grande Conflito


Ao longo dos séculos sejam encontrados escritores que tocaram no tema do grande conflito e ainda que muitos religiosos hoje estejam examinando essa ideia com mais atenção, poucos tem uma visão de mundo concentrada no grande conflito como um conflito literal, físico, moral e espiritual entre o Mashiach e hasatan. Ao longo de toda a Bíblia há o que um escritor chamou de “tema da guerra cósmica”, e às vezes, como na lição desta semana sobre a provação no deserto, o tema aparece de maneira muito nítida e aberta.

grande conflito 2

A ideia de uma guerra entre o bem e o mal pode ser vista mesmo fora de um contexto distintamente religioso. O poeta T. S. Eliot escreveu: “O mundo gira e o mundo muda,/mas uma coisa não muda./Em todos os meus anos, uma coisa não muda, […]/A perpétua luta entre o bem e o mal” (The Complete poems and plays, p. 98). Friedrich Nietzsche escreveu: “Vamos concluir. Os dois valores contrapostos, “bom e mau”, “bem e mal”, travaram na Terra uma luta terrível, milenar” (Genealogia da moral e Ecce Homo, p. 52; Genealogia da moral: uma polêmica., p. 43).
Perguntas para discussão:

1. Qual é o limite entre a presunção e a confiança nas promessas de D’us quanto aos milagres? Como saber a diferença?

2. A provação vem de muitas formas, tamanhos, cores e modos, tudo cuidadosamente planejado para alcançar cada um de nós. Algumas coisas que tentam uma pessoa não tentam outra. Além dos pecados óbvios, de que maneira mais sutil podemos ser tentados?

3. Como captar o conceito impressionante de que o Mashiach enfrentou terríveis provações em nosso favor? Ao considerar essa verdade, o que mais importa?

Leitura

Chumash parashat mishpatim, 6ª Alyá (Shemot [Êx] 23:20-23:25) Tehilim 119, Versículos 97-176; Leitura Reavivados por Sua palavra:Y’hoshua [Js] 22 Leitura Anual: Vayikrá [Lv] 13, 14

Anúncios