Como nos dias de Noach


Kefa advertiu que os insolentes diriam: “tudo segue como era desde o princípio
da criação” (2Kefa [2pe] 3:4). “raciocinavam, como muitos fazem hoje, que
a natureza está acima do D’us da natureza, e que suas leis são tão firmemente estabelecidas que o próprio D’us não as pode mudar. Raciocinando que a natureza
se desviaria de seu curso se a mensagem de Noach fosse correta, tornavam aquela
mensagem, na mente do povo, uma ilusão, um grande engano. […]

Noé 7

Afirmavam que, se havia alguma verdade no que Noach dizia, os homens de fama – os sábios,os prudentes, os grandes homens – compreenderiam essa questão” (PP, p. 97).

Hoje em dia, “os homens de fama” nos dizem algo semelhante:
as leis da natureza são fixas e imutáveis, e todas as coisas continuam como antes.
Em certo sentido, é isso que a teoria da evolução ensina: a vida ocorreu por meio
de processos naturais que podem ser explicados, pelo menos em princípio, por
meio da operação de leis naturais que um dia a ciência nos explicará plenamente,
e tudo sem qualquer necessidade de uma divindade. Não é de admirar que Sha’ul
tenha escrito: “A sabedoria deste mundo é insensatez no que concerne a D’us”
(1Coríntios 3:19).
Perguntas para reflexão
1. Apesar das razões que Kefa tinha para crer em Yeshua, ele enfatizou a “palavra
profética” confirmada. por que a profecia é tão importante para nós? Ela
apresenta evidencias que Yeshua, em sua primeira vinda, foi o messias? Que esperança
ela nos dá sobre a segunda vinda? Afinal de contas, sem a profecia, como
poderíamos conhecer a promessa e a esperança da segunda vinda?
2. Temos a tendência de pensar na pressão de grupo apenas no contexto de
adolescentes e jovens. mas isso não é correto. Todos desejamos que nossos colegas
gostem de nós e nos aceitem. Afinal de contas, temos uma oportunidade muito
melhor de ser boas testemunhas se eles gostarem de nós, certo? Em nosso desejo
de ser agradáveis, como evitar comprometer as nossas crenças? por que essas concessões
são mais fáceis do que pensamos?

Leitura Chumash parashat pecudê, 6ª Alyá (Shemot [Êx] 40:17-40:27)
Tehilim 1-9; Leitura rpSp: Sh’mu’el Alef [1Sm] 8
Leitura Anual: Y’hoshua [Js] 14–17

Anúncios