Das trevas para a luz


Esses versos são uma citação de Shemot [Êx] 19:6: “reino de kohanim e nação
santa”, e de D’varim [Dt] 7:6, repetido em D’varim [Dt] 14:2: “povo santo”,
escolhido “para ser o Seu povo”, “o Seu tesouro pessoal”. Essas certezas foram
dadas durante o Êxodo, quando o povo de D’us estava sendo libertado da escravidão
e levado para a Terra Prometida. Kefa viu um paralelo entre o povo de D’us
durante o Êxodo e a Kehilá de seus dias.

1. Leia 1Kefa [1Pe] 2:9, 10. Como o grande conflito é visto nesses dois versos?
Assim, as palavras de Kefa não são uma descrição do produto final, mas de
uma obra em progresso. Sim, fomos escolhidos e eleitos por Ele, e devemos louvar
publicamente a D’us por nos tirar das trevas com as quais hasatan envolveu o
mundo. Mas isso não nos torna perfeitos nem significa que, de alguma forma, já
tenhamos alcançado o objetivo (ver Filipenses 3:12). Ao contrário, a consciência
de nosso nascimento em pecado (Tehilim 51:7(5)). e dos nossos defeitos é um aspecto
fundamental do que significa seguir Yeshua e sentir a necessidade de Sua
justiça em nossa vida.

luz e trevas

“É assim que todo pecador deve se aproximar do Mashiach. ‘nos libertou não
por causa de quaisquer atos justos por nós praticados(tzidkateynu), mas em razão
de sua misericórdia,’ (Tito 3:5). Quando hasatan lhes diz que são pecadores e vocês
não podem esperar receber bênçãos de D’us, digam a ele que o Mashiach veio
ao mundo para libertar pecadores. Nada temos que nos recomende a D’us; mas o
argumento em que podemos insistir agora e sempre é nossa condição de completo
desamparo, o que torna seu poder libertador uma necessidade. Renunciando a
toda confiança própria, podemos lembrar da morte e ressurreição do Mashiach e
dizer: ‘O preço do resgate eu não tenho; pelo teu sacrifício prostrado me sustenho’”
(DTN, p. 317 contextualizado).
Um modo seguro de saber que fomos chamados “das trevas para a Sua maravilhosa
luz” (1Kefa [1Pe] 2:9) é nossa percepção de que somos muito dependentes
do Mashiach, o qual se tornou “sabedoria da parte de D’us, bem como justiça,
santidade e redenção!” (1Coríntios 1:30).
O que vem a sua mente quando se sente abatido e desanimado por causa de seus
atos e ate de seu caráter? Como você lida com esses pensamentos? Como usar essas
ocasiões para seu próprio benefício espiritual?

Leitura Chumash Parashat Pecudê, 1ª Alyá (Shemot [Êx] 38:21-39:1)
Tehilim 119, Versículos 97-176;

Leitura RPSP: Sh’mu’el Alef [1Sm] 3
Leitura Anual: D’varim [Dt] 29–31

Anúncios