“Avinu Shebashamayim”


Talvez o ensino mais radical de Yeshua se encontre em Mattityahu 5:48.
Como devemos praticar o ensino desse texto, especialmente em vista do fato de
que somos pecadores? De todos os ensinos da Derashá do Monte, esse tem sido um dos mais surpreendentes, o mais “radical”. Ser tão perfeito como “Avinu Shebashamayim”? O que isso significa? Um componente fundamental para compreendermos essa passagem se encontra na primeira palavra: “portanto”. Essa palavra implica uma conclusão, uma dedução a partir do que veio antes dela. O que veio antes?

7. Leia Mattityahu [Mt] 5:43-47. Como esses versos, que terminam com Mattityahu
5:48, nos ajudam a entender melhor o que Yeshua quis dizer com o verso
48? Ver também Lucas [Lc] 6:36.

mitzvot

Essa não é a primeira vez que uma ideia assim é vista na Bíblia. No livro
Vayikrá [Lv] 19:2 o Eterno já havia dito ao Seu povo: “Sereis santos, pois Eu, o
Eterno, vosso D’us, sou santo.” Em Lucas [Lc] 6:36 Yeshua disse: “Demonstrem
compaixão, como o Pai (HaAv) é compassivo.” (ver Tehilim [Sl] 103:8). O contexto
de Mattityahu 5:43-48 não está relacionado à conformidade exterior a regras
e padrões, por mais importante que isso seja. Em vez disso, o enfoque dessa
seção é o amor às pessoas, não simplesmente àquelas que qualquer um
poderia amar, mas àquelas que, pelos padrões do mundo, geralmente não amaríamos
(porém, isso está relacionado aos padrões do reino de D’us, não de reinos
humanos).
O importante a ser lembrado é que o Eterno não nos pede nada que não possa
realizar em nós. Se fôssemos deixados a nós mesmos, sendo dominados por
nosso coração pecaminoso e egoísta, quem de nós amaria seus inimigos? Não é
assim que o mundo funciona, mas agora somos cidadãos de outro mundo. Temos
a promessa de que, se nos entregarmos a D’us, “Estou certo disto: quem
começou a boa obra (peulah hatovah) entre vocês a manterá em desenvolvimento
até o dia do Messias Yeshua.” (Filipenses [Fp] 1:6). Que obra maior D’us
poderia realizar em nós do que fazer com que, em nossa esfera, amemos como
Ele nos ama?
Sua vida seria muito diferente, agora mesmo, se você cumprisse a mitzvá “Veahavta
lereacha Kamôcha – E amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Vayikrá
[Lv] 19:18), mesmo o próximo sendo seu inimigo?

ESTUDO DIÁRIO
Metsorá, 4ª Alyá (Vayikrá [Lv] 14:33-14:53)
Tehilim [Sl] 29-34
Leitura Anual: Malakhim Alef [1Rs] 7 e 8
RPSP: Shmuel Bet [2Sm] 10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s