Caminhos Insondáveis


O relato de como Yeshua fez com que Kefa tirasse, da boca do primeiro peixe
que pescou, a exata quantia de dinheiro de que necessitavam, é uma história
extraordinária. Em contraste com os outros tipos de milagres (cura de doentes,
restauração da visão aos cegos, ressurreição de mortos, alimentação de
famintos), este é de natureza totalmente diferente.

No Tanach, também temos o machado que flutuou (Malakhim Bet [2Rs] 6:2-7) e a mecha de lã molhada na terra seca, bem como a mecha de lã seca na terra molhada (Shoftim [Jz] 6:36-40). Portanto, esse tipo de milagre não é de natureza totalmente desconhecida.

Machado eliseu_machado_flutuante

Por que Yeshua simplesmente não entregou a Kefa o Shekel e lhe disse que fosse
pagar o imposto, em vez realizar um feito tão incrível para resolver um problema
relativamente pequeno? O texto não diz. Contudo, como a lição declara, o
milagre nos mostra o extraordinário poder de D’us, o que não deveria nos surpreender.
O simples fato de existirmos, para não falar da realidade do cosmo
visível, é uma fantástica manifestação do poder do Eterno. Se D’us pôde criar
essas coisas, uma moeda na boca de um peixe não era nada para Ele. O pensamento
de Shaul é significativo:

“ Ó profundidade das riquezas e da sabedoria e do conhecimento de D’us! Quão inescrutáveis são seus juízos! Quão insondáveis são seus caminhos!” (Romanos [Rm] 11:33). O relato de Mattityahu [Mt] é apenas mais uma das manifestações dessa verdade.

Perguntas para reflexão:
A luta de Kefa para submeter sua vontade a D’us é a mesma que enfrentamos.
Uma poderosa metáfora dessa batalha pode ser encontrada em Malakhi
[Ml] 1, onde D’us pede aos judeus que levem apenas seus melhores animais para
o sacrifício. “‘Trazeis a Mim como oferta o que foi obtido por violência, e por
sacrifício, animais coxos e enfermos. É isto o que devo aceitar de vossa mão? –
diz o Eterno.” (Malakhi [Ml] 1:13).

Por que D’us Se importaria com o tipo de Korban que levamos a Ele? Porque deseja que entreguemos a Ele aquilo que mais desejamos manter em nossas mãos. Quais são as coisas às quais você se encontra mais apegado? Como pode entregar essas coisas ao Eterno?

Beth Midrash

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s