Caminhos Insondáveis


O relato de como Yeshua fez com que Kefa tirasse, da boca do primeiro peixe
que pescou, a exata quantia de dinheiro de que necessitavam, é uma história
extraordinária. Em contraste com os outros tipos de milagres (cura de doentes,
restauração da visão aos cegos, ressurreição de mortos, alimentação de
famintos), este é de natureza totalmente diferente.

No Tanach, também temos o machado que flutuou (Malakhim Bet [2Rs] 6:2-7) e a mecha de lã molhada na terra seca, bem como a mecha de lã seca na terra molhada (Shoftim [Jz] 6:36-40). Portanto, esse tipo de milagre não é de natureza totalmente desconhecida.

Machado eliseu_machado_flutuante

Por que Yeshua simplesmente não entregou a Kefa o Shekel e lhe disse que fosse
pagar o imposto, em vez realizar um feito tão incrível para resolver um problema
relativamente pequeno? O texto não diz. Contudo, como a lição declara, o
milagre nos mostra o extraordinário poder de D’us, o que não deveria nos surpreender.
O simples fato de existirmos, para não falar da realidade do cosmo
visível, é uma fantástica manifestação do poder do Eterno. Se D’us pôde criar
essas coisas, uma moeda na boca de um peixe não era nada para Ele. O pensamento
de Shaul é significativo:

“ Ó profundidade das riquezas e da sabedoria e do conhecimento de D’us! Quão inescrutáveis são seus juízos! Quão insondáveis são seus caminhos!” (Romanos [Rm] 11:33). O relato de Mattityahu [Mt] é apenas mais uma das manifestações dessa verdade.

Perguntas para reflexão:
A luta de Kefa para submeter sua vontade a D’us é a mesma que enfrentamos.
Uma poderosa metáfora dessa batalha pode ser encontrada em Malakhi
[Ml] 1, onde D’us pede aos judeus que levem apenas seus melhores animais para
o sacrifício. “‘Trazeis a Mim como oferta o que foi obtido por violência, e por
sacrifício, animais coxos e enfermos. É isto o que devo aceitar de vossa mão? –
diz o Eterno.” (Malakhi [Ml] 1:13).

Por que D’us Se importaria com o tipo de Korban que levamos a Ele? Porque deseja que entreguemos a Ele aquilo que mais desejamos manter em nossas mãos. Quais são as coisas às quais você se encontra mais apegado? Como pode entregar essas coisas ao Eterno?

Beth Midrash

Anúncios