O Mashiach?


Imagine como as coisas devem ter sido para Kefa, que havia estado com Yeshua
quase desde o início. O que deve ter passado por sua mente enquanto ele testemunhava
um acontecimento incrível após outro: curas, expulsão de espíritos
malígnos, alimentação de multidões, surpreendentes ensinos, controle da
natureza, ressurreição de mortos e até a experiência de andar com o Mashiach
sobre a água? Que perguntas devem ter voltado à sua mente dia após dia, ao ver
coisas que ninguém em toda a História jamais tinha visto? Talvez ele tivesse
perguntas como esta: “Por que ele permitiu que Yochanan Hamatvil tivesse um
fi m tão vergonhoso?” Afinal de contas, o Mashiach viveu e trabalhou pela humanidade
(Gálatas [Gl] 4:4; Hebreus [Hb] 7:26; Yeshayahu [Is] 9:6; Lucas [Lc] 2:10, 11). Assim,
aqueles que estavam ao seu redor, que viviam com ele e que eram seus
talmidim tiveram muitas experiências singulares.

Jesus na Sinagoga

1. Leia Mattityahu [Mt] 16:13-17. Que pergunta Yeshua fez aos talmidim?

O que significa o fato de Kefa ter sido o único a responder? Por que a resposta dele
é tão importante?
A declaração de Kefa a respeito de Yeshua ser “o Mashiach, o Filho do Deus
vivo” (v. 16), é um dos pontos altos da Bíblia. Kefa O chamou de “o Mashiach”, o
Ungido, e, com tal confissão, estava dizendo (corretamente, como foi mais tarde
demonstrado) que Yeshua era o Mashiach, Aquele que viria em cumprimento
das promessas da aliança, feitas a Avraham e depois a Israel (ver Gálatas [Gl]
3:16).
Além disso, Kefa proclamou Yeshua como o Mashiach na região de Cesaréia
de Filipe. Essa era uma região de goyim. Nos dias anteriores, Kefa havia observado
Yeshua se importar não só com os judeus, mas também com os goyim.
Com o auxílio do Ruach HaKodesh, Kefa reconheceu que Yeshua era muito mais
do que um profeta judeu, como outros haviam sugerido. Seu ministério ia muito
além da obra de Yochanan, Eliyahu ou Yirmeyahu. Na verdade, esse ministério
devia abranger a humanidade toda. Portanto, Yeshua se autodenominou
“Ben HaAdam”, o que mostra Sua identificação pessoal com todos os seres humanos.
Como a Bíblia mostra posteriormente, Kefa ainda tinha muito que
aprender sobre Yeshua e sobre a plenitude e a universalidade do que Ele tinha
vindo fazer.
O que Yeshua fez em sua vida que pode ser testemunhado a outros? Por que e
sempre bom conservar essas coisas diante de nos e compartilha-las?

Beth Midrash 

Anúncios