A Taça é Nossa!


Hashem havia introduzido os filhos de Israel em Yerushalayim, com
mão poderosa e braço estendido. Sobre asas de águia Ele os havia tirado do
Egito e os havia achegado a Si. “Sereis para Mim o tesouro de todos os povos,
porque toda a terra é Minha! E vós sereis para Mim um reino de sacerdotes e um
povo santo!” (Shemot [Êx] 19:5, 6).
Em certo sentido, Yeshua tinha proposto casamento a Israel numa bela
montanha chamada Sinai. Shemot [Êx] 24 diz que os líderes e anciãos “E subiram,
e eles visionaram o D’us de Israel, e debaixo de Seus pés havia como uma
obra de pedra de safira, tão límpida como a visão dos céus.[…] e visionaram a
glória de D’us ao comerem e beberem.” (Shemot [Êx] 24:9-11). O Mashiach ofereceu
a taça de Sua aliança a Israel, como um homem que oferece uma taça a
uma mulher com quem deseja se casar e a quem deseja dar um futuro maravilhoso.
Israel recebeu a taça e disse: Sim, desejamos viver para sempre contigo
na terra da promessa.
1. Com esse contexto em mente, leia Mattityahu [Mt] 23. O que Yeshua estava
dizendo aos líderes de Israel? Que advertência estava sendo dada? Que lições
podemos extrair a respeito das coisas pelas quais Ele os repreendeu? Como podemos
nos certificar de que não somos culpados dessas mesmas coisas?

enxerto na oliveira 4

Mattityahu [Mt] 23 foi a última súplica desesperada de Yeshua pela reconciliação
com Sua amada. Mas ela O deixou. Ele aceitou a decisão dela, e saiu pela
última vez da casa em que morava com ela – o templo. “Vejam: D’us está abandonando
a casa, deixando-a deserta.” (Mattityahu [Mt] 23:38 citando Yirmeyahu
[Jr] 22:5). Quando Yeshua saiu do templo, este ficou desolado, vazio, abandonado,
como o deserto do qual o Eterno os havia resgatado no princípio.
Estava para ocorrer uma grande transição na história da salvação, e esses
líderes, bem como aqueles a quem eles enganariam, iriam perdê-la. Enquanto
isso, muitos outros judeus e, muito em breve, goyim, abertos à direção do Ruach
HaKodesh, dariam continuidade à grande obra e ao chamado de Israel. Eles se
tornariam parte da semente de Avraham, “e herdeiros segundo a promessa”
(Gálatas [Gl] 3:29). Todos, hoje, fazemos parte do mesmo povo, e compartilhamos
do mesmo chamado divino.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s