Mesmo que demore


A vinda final do Mashiach é o clímax de todas as esperanças messiânicas; é
o cumprimento de tudo o que foi prometido. Sem ela, o que restaria? Apodreceríamos
na terra após a morte. Sem a segunda vinda e tudo aquilo que ela
abrange, tudo o mais a respeito da nossa confiança se torna uma mentira, uma
farsa, como os críticos e os oponentes têm afirmado contra ela.
Então, não é de admirar que, numa ansiosa expectativa da volta do Mashiach,
muitos tenham marcado datas para ela. Afinal de contas, tanta coisa depende
desse evento! Evidentemente, como sabemos, todas as datas marcadas no
passado para a volta do Mashiach estavam erradas.

Rabino alfred-lakos-czechoslovakia-b1870-1961-osm-rabino-lendo175x-245cm
6. De que maneira Mattityahu [Mt] 24:36, 42 explica por que os marcadores de
datas não acertam?

Precisamente pelo fato de não sabermos quando Mashiach virá, somos
exortados a estar prontos e vigiar.
7. Leia Mattityahu [Mt] 24:42-51. O que Yeshua estava dizendo a respeito do
que significa vigiar e estar prontos para a segunda vinda?
Yeshua foi claro: não sabemos quando Ele vai voltar. Na verdade, Ele vai voltar
quando não estivermos esperando. Portanto, precisamos estar sempre
prontos para quando Ele, de fato, vier. Precisamos viver como se Ele pudesse
chegar a qualquer momento, mesmo que não saibamos quando. A ideia de que
“Ele vai demorar e que, portanto, posso fazer o que meu coração desejar”, é precisamente a atitude contra a qual Yeshua advertiu. Devemos procurar ser fiéis
porque amamos o Eterno e desejamos fazer o que é certo por causa dele, a despeito
de quando Ele virá. Além disso, tendo em vista todas as passagens que
advertem a respeito do juízo, especialmente contra os que tratam mal os outros,
o tempo da segunda vinda, na verdade, não importa. Mais cedo ou mais
tarde, o juízo virá.

Maimonides II

 

Cremos “com plena fé na vinda de Mashiach. Mesmo que demore, esperaremos por sua vinda a cada dia.”*? Como podemos nos certificar de que não cometeremos o mesmo erro do “servo mau”, mesmo que de maneira sutil? (* Mishne torá, Maimônides, 12º dos Treze Princípios de Fé)

Beth Midrash

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s