CASSINOS E GENOCÍDIOS NOS DIÁRIOS DE HIMMLER


Os diários do comandante da SS, em que sua equipe gravou sua rotina diária, estão sendo libertado após 71 anos nos arquivos da Rússia. Às 10:00 am, o SS Commander Heinrich Himmler ordenou uma massagem. ÀS 2:00 pm, teve almoço. Às 9:00 pm, ele teve uma reunião de trabalho na qual ele foi informado de que oficiais poloneses, aliados dos nazistas, estavam se recusando a lutar. Meia hora depois, ele ordenou a sua execução. Assim foi como Himmler, o segundo homem mais importante do Terceiro Reich, passou o dia 3 de janeiro de 1943, de acordo com seu diário. Esta foi a sua rotina diária: combinação de reuniões e atividades de lazer, intercaladas entre atrocidades, como o tablóide alemão Bild informou baseado em seu diários.

Himmler.png

Os diários não foram pessoalmente escrito pelo comandante da SS; ao contrário, eles são registros mantidos por sua equipe. Há cerca de mil páginas que resumem as atividades diárias de Himmler em 1938, e de 1943 a 1944. Eles rev elam um retrato chocante de um homem cuja rotina incluía ordens regulares, chocantes e horríveis. Os diários foram mantidos nos arquivos da Rússia, por 71 anos, depois de terem sido apreendidos em Berlim, no fim da guerra. Os trechos divulgados são do prefácio de um livro que será publicado em breve. Os diários incluem visitas a campos de concentração como Buchenwald e o Gueto de Varsóvia, bem como características da vida de Himmler que são surpreendentemente mundana, tais como refeições em família e visitas a um cassino.

www.ruajudaica.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s