QUAIS AS CIDADES PREFERIDAS PELOS NOVOS IMIGRANTES EM ISRAEL?



O mercado imobiliário israelense continua a atrair os judeus estrangeiros, que compraram ainda mais casas particulares ao longo dos últimos seis meses. Um aumento de 8% foi registrado, com a maioria dos apartamentos comprados por judeus franceses e belgas.

A empresa imobiliária Frenchie Real Estate, que é especializada em acomodar as necessidades dos residentes estrangeiros, constatou que ao longo dos últimos dois anos, os judeus estrangeiros compraram cerca de 2.000 unidades habitacionais em Israel. Deste total, 28% são franceses, 18% são dos EUA, 16% são canadenses, 11% são da Inglaterra, 10% são da Itália, 6% da Escandinávia (Suécia e Dinamarca), 5% da Bélgica e 3% da Austrália.

Os dados encontrados mostram que a cidade costeira de Netanya é a mais popular entre os judeus franceses, seguidas de Tel Aviv, Ashdod e Bat Yam. O orçamento médio para essa compra por um francês é de 3,5 – 5,5 milhões de shekels (1USD=4 NIS). A varanda é considerada um must, de preferência com vista para o mar, e eles também querem ficar perto da comunidade francesa local.

Os americanos, por outro lado, preferem viver em Jerusalém, seguida por Tel Aviv e Herzliya Pituach. Seu orçamento médio varia entre 3-6.5 milhões de shekels, sendo que 85% dos imóveis adquiridos por estrangeiros dos EUA foi comprado com a intenção de viver nele. Americanos, ao que parece, preferem apartamentos e casas maiores. A condição atual da propriedade é menos importante para eles, pois eles tendem a replanejá-lo antes de renová-lo num estilo americano.

Judeus canadenses preferem Tel Aviv a qualquer outra cidade israelense, seguido de Herzliya, Ramat Hasharon e Ra’anana. Comparativamente, o orçamento de um canadense é grande, de 4,5 milhões até 25 milhões de shekels, com 95% dos apartamentos que adquirem destinados a fins residenciais. Eles preferem manter as suas raízes, vivendo perto de uma comunidade anglo-saxã. Dentre as diversas opções de imóveis em Israel, eles tendem a viver no luxo dos arranha-céus com vista para a área circundante, ou em casas localizadas em bairros tranquilos.

Judeus ingleses também têm uma propensão para Tel Aviv, em particular o bairro de Neveh Tzedek ou da parte norte da cidade. Em segundo lugar está Jerusalém e Ramat Hasharon. Em média, os britânicos gastam de 3 a 5 milhões de NIS, com 75% de seus apartamentos comprados como residências. Eles preferem viver à beira-mar e perto do centro da cidade movimentada. Eles também pesquisam sobre a área e aqueles que seriam seus vizinhos antes de decidir sobre um apartamento.

Os italianos costumam ir para apartamentos de 2 ou 3 quartos, de preferência em Tel Aviv, gastando entre 1,9-2.5 milhões de NIS e usando, quase que exclusivamente, como residência. Muitos deles são jovens imigrantes de Roma, que tendem a gravitar em torno dos pontos quentes de entretenimento.

Judeus escandinavos são mais inclinados a comprar apartamentos no norte de Tel Aviv, Herzliya ou Ramat Hasharon. Eles também compram imóveis para viver em vez de alugar, geralmente em uma área tranquila.

Judeus belgas têm mostrado uma preferência por Tel Aviv, seguido de Ra’anana, Herzliya e Netanya. Cerca de 90% dos apartamentos que tenham sido comprados, nos últimos seis meses, foram para viver, uma vez que muitos deles estão pensando em se mudar para Israel, à luz do crescente antissemitismo da Europa.

Os australianos centram-se principalmente em imóveis na área de Ramat Gan-Givatayim, bem como Tel Aviv, Herzliya Pituach e Eilat. Os australianos que vêm a Israel são na sua maioria jovens moradores de Sidney querendo viver em Israel.

www.ruajudaica.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s