Teshuvot


Se as pessoas usam frequentemente a desculpa do mal para rejeitar a D’us,
certamente elas têm muitas desculpas agora, e terão cada vez mais ao nos aproximarmos
do fim do Olam Hazê. Assim, torna-se ainda mais importante que os
Seus seguidores reflitam Seu caráter e ajudem as pessoas a ter uma visão melhor
de como D’us é.
“Se nos humilhássemos perante D’us, e fôssemos bondosos e corteses, compassivos
e piedosos, haveria uma centena de teshuvot à verdade onde agora há apenas uma” (T.I., v. 9, p. 189 contextualizado).

boas-obras

Enquanto aguardamos a segunda vinda do Mashiach, Ele espera que os membros de Sua Kehilá proclamem e vivam a mensagem completa das boas novas sobre o Mashiach; que se dediquem e invistam seus recursos em Sua obra; que amem e respeitem as pessoas,
e cuidem delas.
Perguntas para reflexão
1. A grande pergunta não é: “As ações têm algum papel na vida religiosa?” É
claro que têm! A pergunta é: “Se as ações não podem nos libertar, então qual é o
papel delas na vida religiosa?” Como respondemos a essa pergunta, especialmente
no contexto de alcançar as pessoas necessitadas e servi-las?
2. O que estamos fazendo que demonstra a nossa crença na segunda vinda do
Mashiach? Por que devemos ser diferentes dos que não creem em sua vinda?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s