Judeus Adventistas?


Sinagogas Adventistas? Como assim? 

Olhando do presente para o passado, atravessando os séculos de incompreensões, intolerância, preconceitos mútuos e crimes, não é difícil entender a estranheza de muita gente. Porém, olhando de lá para cá, a perspectiva pode ser outra. O vídeo abaixo poderá ajudar a esclarecer um pouco o assunto e a começar a tocar a ponta do iceberg: 

Todos os sábados um número crescente de congregações adventistas do sétimo dia estão a assumir uma aparência distinta: homens usando kipá e talith, ao lado de mulheres, recitam orações em hebraico de seus antepassados, cantadas por um hazam, utilizando um Siddur simplificado. Nas congregações onde as condições permitam a Torá, um rolo de pergaminho dos cinco primeiros livros da Bíblia de autoria de Moisés, é lida a partir da plataforma, as parashot. Um sabor judaico permeia o processo…

licao-beth-midrash-4-2016

 Há milhares de congregações que são completamente Adventistas  e seguem a tradição herdada da Reforma Protestante, no momento em que este artigo é escrito ambos, judeus-adventistas e adventistas gentios usam a mesma lição da Escola Sabatina trimestral (de autoria de Clifford Goldstein, um judeu-adventista) e mantém as mesmas doutrinas com outras congregações ao redor do mundo, mas há algo diferente aqui…

 Clifford Goldstein na Argentina

 Clifford Goldstein, editor e autor da lição da Escola Sabatina apresenta parashá/porção da Torah, assim como dos profetas e dos escritos, e a B’rit Hadashah/Novo Testamento, ele próprio um judeu crente, aborda, na foto, uma congregação judaico-adventista em Buenos Aires, Argentina.

 Ainda Escolhido

A partir da metrópole de Buenos Aires, Argentina, para o American Jewish em Los Angeles, Miami e Nova York, a ruas agitadas de Israel e além, adventistas do sétimo dia recebem os crentes judeus, …

Rosh Richard Elofer, um trabalhador de longa data que dirige o Centro Mundial da Amizade Judaico-adventista, com sede em França, estima que existam entre 4.000 e 5.000 judeus-adventistas ativos nas congregações adventistas hoje.

judeu-adventista-primeira-sinagoga-judaico-adventista

A primeira Sinagoga Adventista surgiu no Bronx, Nova York, em 1951, porém, o movimento entre os adventistas era muito incipiente. A mudança que se vê é enorme,  nos anos 1990 não haviam congregações judaico-adventistas espalhadas pelo mundo; hoje existem cerca de 64 delas, mais de 25 apenas nos Estados Unidos. Estas congregações estão fazendo um grande trabalho em abrir um diálogo respeitoso com a comunidade judaica. Antes de iniciar este ministério contextualizado, os judeus não se identificavam muito com as congregações adventistas. Hoje esse ministério é tão grande que os judeus têm encontrado o seu lugar e muitos comemoram as festas em conjunto sem uma ligação formal.

 Jeff Zaremsky

Na Flórida, EUA, Jeff Zaremsky, um pastor judeu-adventista do sétimo dia, ensina a Torah em um serviço de shacharit apresentando a parashá da semana. 

Preconceito Enraizado na História

Há muitas razões para isso: Depois de 2.000 anos o que muitos judeus chamam de Era Comum, ou seja, o tempo após a vida e ministério (muitas vezes referida como a Era Cristã nos círculos cristãos) de Jesus/Ieshua, muitos judeus tornaram-se cautelosos, indiferentes, ou até mesmo hostis à mensagem do evangelho/bessorá. Não é difícil entender por que: séculos de anti-semitismo, o que culminou na Shoah, ou “holocausto”, quando os nazistas mataram mais de 6 milhões de judeus, homens, mulheres e crianças, endureceu muitos corações. Para muitos judeus, especialmente aqueles mais preconceituosos, o nome “cristão” é um rótulo de ódio contra o seu povo.

 Por causa do anti-semitismo e da perseguição, muitas comunidades judaicas tornaram-se um pouco insulares e protetoras: fazer negócios com os cristãos é bom, mas não se aventuram em questões religiosas. Ainda mais, muitos judeus acreditam firmemente que, se alguém nascer judeu, deve continuar a ser um durante toda a sua vida, e morrer como um membro da fé judaica.

 Os ventos de pós-Holocausto e do entendimento entre os líderes judeus e cristãos têm feito muito para diminuir a tensão, no entanto. Ao mesmo tempo, a vida moderna materialista e existencial têm levado muitos judeus a uma busca espiritual: muitos se declaram  “seculares” e se abrem a conceitos e discussões espirituais, e, portanto, são potencialmente abertos à um diálogo respeitoso. 

 páscoa na congregação adventista da Flórida

Pêssach Judaico-Adventista: seder Pessach (jantar) a congregação adventista judaica na Flórida, EUA.

 A vida de Elofer é uma ilustração disso: como um menino judeu ortodoxo do Marrocos e posteriormente como um adolescente que vivia na França, ele conheceu uma família adventista e tornaram-se amigos.  Eles compartilharam sua crença mútua no Tanach/Bíblia, e leram  passagens da Bíblia que Elofer imaginava ser diferentes de sua Bíblia judaica, que ele havia recebido por ocasião do seu Bar Mitzvah literalmente, “filho do mandamento.”

Richard Elofer II

Elofer ficou surpreso; “quando cheguei em casa, abri minha Bíblia judaica para verificar se o que tinham lido era o mesmo, e para minha surpresa era. Progressivamente, compreendi os ensinamentos…”

Sua aceitação do judaísmo  do rabino Ieshua/Jesus não foi sem custo, pois, para os judeus ortodoxos reconhecer a Ele como Mashiach é como morrer. Elofer e seu pai não se viram durante oito anos por causa de sua decisão.

“Hoje meus pais vivem em Israel, e meu pai ainda é tão judeu como ele era há 30 anos: ele vai à sinagoga todos os dias durante suas orações. Podemos conversar, mas não sobre a religião “, disse Elofer.

Um Espaço para o Diálogo Respeitoso

Nos Estados Unidos, as congregações judaico-adventistas podem ser encontradas em muitos lugares, o que não é surpreendente, dada a população judaica americana de quase 6 milhões de pessoas. Jeff Zaremsky disse que suas congregações da Flórida são pequenas, mas crescentes, por causa do esforço para conectar ambas comunidades em uma só:

Ele acredito que esta tem sido a forma mais eficaz de manter um diálogo respeito com o povo judeu. “Nós vimos o povo judeu realmente chegando para permanecer por um longo tempo, crescendo em sua caminhada espiritual, e perseverando nela…” acrescentou.

CONGREGAÇÃO ISRAELITA

A Comunidade judaico-adventista da Argentina é uma das mais avançadas, em muitos aspectos. Esta congregação tem relações cordiais com muitos líderes da comunidade judaica, e produziu seu próprio livro de oração judaico-adventista e a forma de adoração que espelha a liturgia judaica tradicional, o Siddur. 

“Há mais de 10 anos os judeus tradicionais que não acreditam em Ieshua/Jesus, judeus ateus e Judeus-adventistas fazem parte da nossa comunidade”, disse David Barzola, um pastor judeu-adventista que dirigiu a congregação de Buenos Aires por muitos anos e hoje dirige a comunidade Beth Tehillah Vetikva na Flórida, EUA, 

    Sinagoga Adventista Beit Tehillah Vatikvah.jpg 2.jpg

Visite a página no FACE: https://www.facebook.com/BTVFL/

“Algumas pessoas optam por tornar-se adventistas, outras pessoas não têm interesse, mas muitos pensam que ser um adventista e um judeu não é inconsistente.”

“Nossa comunidade procura manter boas relações com as comunidades judaicas da Argentina. Nós não queremos ser separados, queremos construir pontes. Portanto, as autoridades comunitárias [judeus], rabinos e autoridades adventistas nos visitam e participam de nossas atividades. “

O Futuro

O que o futuro reserva?

Rosh Elofer disse que é importante para os adventistas acolherem os crentes judeus. “Nós não temos que ser desconfiados sobre os judeus que se tornam adventistas do sétimo dia, nós temos que confiar neles” “Eles são adventistas e fiéis a sua história, no entanto, eles têm a sua própria maneira de ser adventistas do sétimo dia e sua própria maneira de adorar a D’us de acordo com sua herança judaica. “

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s