Nevuá de Daniel e a nossa situação


O livro de Hebreus apresenta o mikdash como tipo do que o Mashiach faria por nós na Terra, como nosso sacrifício, e no Céu, como nosso Cohen Gadol. O mikdash foi uma lição objetiva da libertação. Por meio dele os judeus deveriam aprender o plano da
redenção, que incluía sacrifício, intercessão, juízo e o fim do pecado. Daniel, entretanto, acrescenta mais luz ajudando os leitores a entender a dimensão da revelação (relacionada ao tempo do fim) da obra final do Mashiach no Santuário do Céu.

“Com ênfase na purificação, juízo e vindicação, as visões reveladoras de Daniel projetam a imagem do Yom Kipur para o próprio fim da história terrestre. A purificação se acha diretamente relacionada ao Santuário do Céu e o serviço do Messias como melech e Cohen (Rei e sacerdote). As visões introduzem o elemento de tempo, possibilitando ao leitor identificar o momento específico dentro da história da redenção em que o Messias devia começar seu último serviço de purificação, juízo e vindicação na habitação celestial de D’us”.

PERGUNTAS PARA DISCUSSÃO

1 “Como antigamente eram os pecados do povo colocados, pela emuná, sobre a oferta pelo pecado, e, mediante o sangue desta, transferidos simbolicamente para o mikdash, assim, na brit hadashá (nova aliança), os pecados dos que se arrependem são, pela emuná, colocados sobre o Mashiach e transferidos, de fato, para o Santuário do Céu.

Daniel 7,8,9 Tabela Profética Judaica

A profecia se cumpre no decorrer do tempo histórico.

E como a purificação típica do mikdash se efetuava mediante a remoção dos pecados pelos quais ele havia sido poluído, igualmente a purificação efetiva do Santuário do Céu deve ser efetuada pela remoção, ou apagamento dos pecados que ali estão registrados.
Mas antes que isso possa se cumprir, deve haver um exame dos livros de registro para determinar quem, pelo arrependimento dos pecados e fidelidade no Mashiach, tem direito aos benefícios de Sua expiação” . Quais duas coisas revelam os que têm direito aos “benefícios de Sua expiação”? Por que é importante entender essas coisas, especialmente nas provações dos últimos dias?

2 Qual é a importância do sangue no serviço? O que ele representa? (Lv 16:15 e 16) Por que o sangue era tão crucial para o Yom Kipur naquela época? O que ele significa para nós hoje?

 

Anúncios