Do Shabat para o domingo?


Como guardadores do Shabat, muitas vezes ouvimos pessoas de outras denominações argumentando que a Torá foi abolida, ou que não estamos mais debaixo da
Torá, mas da graça. O que eles realmente querem dizer, no entanto, é que apenas o mandamento referente a guarda do Shabat foi abolido. Muitos, porém, não dizem nem isso. Eles declaram que o sétimo dia, o Shabat, foi substituído pelo primeiro dia, o domingo, em “homenagem” à ressurreição de Jesus. Além do mais, eles creem que podem provar esse argumento por meio de textos das Escrituras.

sábado IIAbaixo estão alguns textos comuns do “Novo  Testamento”, Brit Hadashá, usados erroneamente por muitos cristãos para indicar que o Shabat foi “mudado” do sétimo dia para o primeiro dia. À medida que os lemos, precisamos nos perguntar se eles realmente falam sobre uma mudança do dia, ou se estão apenas descrevendo eventos ocorridos naquele dia, não chegando a prescrever uma mudança.
4.Por que os talmidim de Yeshua estavam reunidos naquela sala após a ressurreição?
Parece ter sido um serviço de adoração em homenagem à ressurreição de Yeshua, como alguns afirmam? (Jo 20:19 a 23)
5. De acordo com a Brit Hadashá o Shabat foi mudado para o domingo, o primeiro dia da semana? (Atos 20:6 e 7 e Atos 2:46.)
6. Além do fato de que os talmidim deviam separar tsedacá em casa no primeiro dia da semana, o que essa passagem ensina sobre alguma mudança do Shabat para o domingo? (1Co 16:1 a 4).
Essas passagens são a essência da “evidência” textual usada para promover a doutrina da substituição do sétimo dia, o Shabat, pelo primeiro dia da semana. Com exceção de descrever algumas vezes em que, por várias razões, os seguidores se reuniram, nenhum texto indica que esses encontros fossem serviços de adoração, realizados no domingo como substituto do sétimo dia, o Shabat. Esse argumento apenas atribui aos textos a interpretação defendida pela centenária tradição cristã da guarda do domingo. Ele acrescenta a esses versos algo que, para começar, nunca esteve ali.

Anúncios