Mattityahu 24 e 25 – Introdução


Em Mattityahu 24 e 25, Yeshua revelou verdades importantes sobre os acontecimentos
vindouros e sobre a preparação para esse tempo. Em certo sentido, esses capítulos são ensinamentos do Mashiach sobre os eventos finais. Ao mesmo tempo,
contemplando o futuro mais imediato, ele viu a iminente destruição de Yerushalayim,
uma tragédia de proporções catastróficas para Seu povo.

guerras

O Mashiach também falou aos seus seguidores das gerações futuras, incluindo especialmente a última geração, aquela que estará viva quando Ele retornar, durante a Era pré-messiânica.

O cenário descrito por Yeshua também não é muito agradável. Guerras, rumores de guerras, pestes, falsos messias e perseguições – esse será o destino do mundo e o desafio para sua kehilá. Surpreendentemente, ao contemplar a história, podemos ver como suas profecias foram exatas. Portanto, podemos crer que ele cumprirá também as profecias ainda não cumpridas em nosso tempo.

A tradição judaica descreve esse período da mesma forma que Yeshua/Jesus:

“…haverá grandes convulsões e guerras, conhecidas como “as dores de parto do Messias”, ou “as pegadas do Messias”, e a experiência judaica do sofrimento e do exílio em várias épocas foi vista como uma presságio da redenção final, quando a história terrena chegaria ao fim. O Talmud descreve as pegadas do Messias como um tempo em que a arrogância recrudescerá. O governo tornar-se-á herético e não haverá ninguém para censurar seus erros…”.*

Mas Yeshua não apenas advertiu sobre o que estava por vir. Em Mattityahu 25, Ele contou em suas parábolas que, se forem ouvidas e colocadas em prática,
prepararão o Povo de D’us para a vinda do “Filho do Homem” (Mt 25:31). Tempos difíceis virão, mas o Eterno preparará um povo para encontrá-lo quando o  mashiach retornar. As próximas postagens ampliarão estes ensinos.

  • Dicionário Judaico de Lendas e Tradições, Alan Unterman, Jorge Zahar Editor.
Anúncios