As primícias (HaBikurim)


As palavras de Kefa compungiram o coração dos ouvintes. É possível que entre eles estivessem alguns que haviam pedido a morte de Yeshua algumas semanas antes (Lc 23:13-25). Mas naquele momento, convencidos de que Yeshua era de fato o Mashiach designado por D’us, eles clamaram, entristecidos: “Irmãos, que devemos fazer?” (At 2:37).

6. Leia Atos 2:38. Quais são os dois requisitos básicos para receber o perdão?

Acesse o texto bíblico através do link abaixo:

https://www.bibliaonline.com.br/acf

Teshuvá significa mudança radical de direção na vida, afastamento do pecado (At 3:19;26:20), em vez de simples sentimento de tristeza ou remorso. Junto à emuná, a Teshuvá é um dom de D’us, mas, como todos os dons, pode ser rejeitada (At 5:31-33; 26:19-21; Rm 2:4).

Desde os dias de Yochanan Hamatvil, o arrependimento era associado à imersão (Tevilá) (Mc 1:4). Ou seja, a Tevilá se tornou uma expressão da Teshuvá, um rito que simboliza a lavagem dos pecados e a regeneração moral produzida pelo Ruach Hakodesh (At 2:38; 22:16; compare com Tt 3:5-7).

7. Leia Atos 2:38, 39. Qual promessa especial é dada aos que se arrependem e são imergidos?

Mikvê II

Naquele Shavuot (o primeiro após a ressurreição do Mashiach), as pessoas receberam não apenas o perdão dos pecados, mas também a plenitude do Espírito para o crescimento pessoal, para o serviço na congregação e especialmente para levar as boas novas. Essa foi talvez a maior de todas as bênçãos, pois a principal razão da existência da kehilá é compartilhar as boas-novas sobre Yeshua (1Pe 2:9). A partir daquele momento, portanto, eles teriam a certeza da redenção e o poder do Ruach Hakodesh, que lhes capacitaria a cumprir o propósito para o qual foram chamados.

Mikvê.jpg

Por que a compreensão de que recebemos o perdão dos pecados é tão importante para quem deseja anunciar as boas novas? Afinal, como podemos oferecer esperança no Mashiach para os outros, se nós mesmos não a temos?

Anúncios