“Jesus, um plágio mitológico?”

Resumo: O presente artigo analisa a proposta básica do vídeo Zeitgeist de que Jesus não passa de um plágio das mitologias de povos pagãos antigos. Para tanto, são analisados os paralelismos propostos no… Continuar lendo

José e Chanucá

  Se observarmos vários calendários judaicos de quaisquer anos, vamos notar que a festa de Chanucá que, como sabemos, dura oito dias, pode abranger um ou dois Shabatot. Quando há apenas um, na… Continuar lendo

Porque o Salmista pede ao Eterno que examine os seus rins e coração?

A Bíblia associa certas experiências emocionais e psicológicas aos órgãos do corpo. Isso não é inteiramente estranho. Na linguagem das emoções, fazemos do coração o assento do que sentimos. Dizemos aos nossos cônjuges:… Continuar lendo

Em que medida a influência do meio cultural afeta a revelação e a inspiração da Bíblia?

É difícil responder esta pergunta sinteticamente. Mas deixe-me oferecer algumas sugestões. As descobertas arqueológicas tornam impossível negar que existem paralelos significativos entre a Bíblia Hebraica e as instituições sociais, idéias e práticas religiosas… Continuar lendo

Qual foi a razão bíblica para a Festa da Lua Nova

A Bíblia não dá razões específicas para a observância das luas novas. Podemos sugerir algumas possibilidades depois de examinar os textos em que o papel da lua e da lua nova é discutido.… Continuar lendo

O que acontecia com o sangue que era derramado na base do altar de ofertas queimadas no santuário Israelita? Como o altar era mantido limpo?

A Bíblia não nos diz o que era feito com o sangue depois que o ato sacrificial terminava. Somos informados apenas que ele devia ser derramado na base do altar (e.g., Lv 4:7).… Continuar lendo

Existiam Escolas em Israel nos tempos bíblicos?

Muitos especialistas creem que as escolas começaram a aparecer em Israel depois do exílio de Judá. Outros argumentam que existiam escolas antes do exílio. A razão para a discrepância é que os dados… Continuar lendo

O Decreto de Reconstrução de Jerusalém – Artigo 5 – Quando Inicia o Período das Setenta Semanas de Daniel 9:24?

Por que o período das 70 semanas proféticas inicia no ano 457 A.C.? No primeiro ano de Dario o Medo (538 A.C.), Daniel, o profeta e oficial da corte Babilônica, determinou oferecer a Deus… Continuar lendo

Espírito, alma e pós-morte

O que a Bíblia Hebraica ensina sobre espírito, alma e o pós-morte? Teriam as Escrituras uma resposta baseada exclusivamente em seus escritos?   O ensinamento sobre a vida após a morte é comum a… Continuar lendo

Transmigração das almas

Do hebraico “guilgul neshamot”, transmigração das almas é a crença segundo a qual, depois da morte, a alma reencarna numa nova forma física, seja humana, animal ou inanimada. A transmigração foi ensinada por… Continuar lendo

Imortalidade e Judaísmo

  Coexistem no Judaísmo, lado a lado, diferentes crenças na continuação da vida da alma após a morte. Há a crença de que na vida após a morte a alma continua a existir,… Continuar lendo

“Kedoshim” em Roma

Amados por D’us. Embora seja verdade que D’us ama o mundo, em um sentido especial D’us ama aqueles que O escolheram, aqueles que correspondem ao Seu amor. Vemos isso na esfera humana. Amamos de maneira… Continuar lendo

Shaul em Roma

Shaul chegou a Jerusalém no final de sua terceira viagem, levando aos pobres uma tsedacá que ele havia recolhido das congregações da Europa e da Ásia Menor. Porém, acontecimentos inesperados o aguardavam. Ele foi… Continuar lendo

A vida eterna segundo o Judaísmo

Olam ha-bá, em hebraico, significa “mundo por vir”. A nova ordem de ser, que começará a existir após o advento do Messias, e que os olhos mortais jamais viram e nenhum ser humano… Continuar lendo

Acesse e pesquise através dos links do Soncino Talmud

Estes são os Sederim (“ordens” ou grandes divisões) e tratados (livros) do Talmud da Babilônia, como traduzido e organizado para publicação pela Soncino Press em 1935 – 1948. Os tratados são disponibilizados pelos… Continuar lendo

O desejo do Rabi Shaul de visitar Roma

Não há dúvida de que o toque pessoal é a melhor maneira de se comunicar na maioria dos casos. Podemos telefonar, mandar e-mail, mensagem de texto e até mesmo falar por chamada de… Continuar lendo

A igeret de Shaul o Shaliach

O texto de Romanos 16:1 e 2 indica que Shaul provavelmente escreveu essa carta na cidade grega de Cencréia, próxima a Corinto. A menção que Shaul fez de Febe, uma moradora da região… Continuar lendo

Rabi Shaul em Roma

É importante que o estudante da igeret (carta) aos Romanos compreenda o contexto histórico dela. Informações sobre as condições da época são sempre fundamentais quando buscamos compreender a Palavra de D’us. Precisamos conhecer e compreender os… Continuar lendo

Exibição inédita de documentários “Jews of Egypt” traz a São Paulo o cineasta egípcio Amir Ramses

Para lembrar os 60 anos da expulsão dos judeus do Egito, um grupo de judeus egípcios, com a colaboração da Hebraica, Conib, Fisesp e da Revista Shalom, realizará em 22 de outubro uma… Continuar lendo

É islamofobia se opor à uma mesquita construída do seu lado? Judeus de Londres debatem a questão

Um plano para abrir uma mesquita em uma área predominantemente judaica de Londres está dividindo os judeus britânicos, alguns chamando a questão de “preocupante” e outros acusando seus oponentes de racismo. O centro… Continuar lendo

Como uma Bíblia Hebraica do século XV sobreviveu à Inquisição?

No alto de uma montanha, a Universidade de Coimbra tem torres majestosas e fica sobre a praça do centro da cidade que costumava ser a sede regional da Inquisição portuguesa. É uma localização… Continuar lendo

Húngaro que ajudou os judeus a fugir do Holocausto é homenageado em Budapeste

Szabolcs Szit, diretor do Centro Memorial do Holocausto, coloca uma coroa de flores em uma placa dedicada a Emil Wiesmeyer, que ajudou a salvar a vida de milhares de judeus durante a Segunda Guerra… Continuar lendo

A DISTINÇÃO ENTRE JUDEUS E GENTIOS (GOYNS) NA TORAH[1]

Ao longo dos últimos anos, tem havido uma tendência reconhecível entre diferentes círculos na comunidade religiosa – uma inclinação humanista / universal. Há muitos que escreveram em louvor do amor, “para todos os… Continuar lendo

HALACHA

Entende-se por halacha o conjunto de leis e costumes que regem o judaísmo. A tradução literal desta palavra é caminho. A halacha é formada de Mitzvot (mandamentos), que foram retiradas da Torah (d’oraita, que… Continuar lendo

A Relevância do Talmud para o Judaísmo Rabínico e Tradicional

Como foi destacado na Introdução[1] o Judaísmo bíblico refletia três pilares básicos de sua fé determinados por revelação bíblica[2]: O sacerdócio, O sacrifício E o Templo.                 No período pós-bíblico o Judaísmo precisou… Continuar lendo

Judeus Índios da América

No século VIII aC, os assírios dispersaram o Reino de Israel, dando vida e lenda às Tribos Perdidas. A repatriação dessas tribos perdidas acabou se tornando uma parte integrante do sonho judaico e… Continuar lendo

Judeus de Bukharan

O termo “judeus de Bukharan” refere-se aos judeus da Ásia Central do khanate de Bukhara, os de Samarkand e o Vale de Ferghana. Hoje, a região está dividida entre as ex-repúblicas soviéticas do… Continuar lendo

Judeus Chineses

A antiga comunidade judaica de Kaifeng, na China central, estava experimentando um renascimento cultural e religioso até uma recente repressão do governo, que proibiu o culto coletivo e expulsou grupos estrangeiros estrangeiros. Moshe… Continuar lendo

Judeus Indianos

Escondido em um canto da High-End Humayun Road, perto do mercado de Khan, encontra-se uma estrutura de aparência modesta, quase imperceptível para um transeunte, exceto pela grande estrela de David que adorna sua… Continuar lendo

Judeus Japoneses

A teoria de que os japoneses são descendentes das Dez Tribos Perdidas foi exposta pela primeira vez por N. Mcleod em Tóquio, por volta de 1870, e mais tarde desenvolvida por outros pesquisadores.… Continuar lendo

Judeus negros Falasha

Os Falasha chamam-se de Casa de Israel (Beth Israel) e reivindicam descendência de Menilek I, tradicionalmente o filho da Rainha de Sheba (Makeda) e o Rei Salomão. Seus antepassados, no entanto, eram provavelmente… Continuar lendo

Judeus Negros Lemba

Tudor Parfitt foi o protagonista do documentário NOVA “Tribos Perdidas de Israel”, fez uma viagem pelo sul da África para estudar as tradições incomuns de uma tribo negra africana chamada Lemba. Este grupo… Continuar lendo

Judaísmo, Tradicionalismo e Rabinismo Introdução

As histórias do Tanach (Bíblia) estão repletas de situações positivas quanto constrangedoras para os israelitas. Existem repreensões que o Eterno enviava através de Seus profetas que levaram a uma reconsagração ou derrocada nacional, quando… Continuar lendo

Bestseller//The Clifford Goldstein Story – 8 minutos

  Vida significa existência. Do latim “vita”, que se refere à vida. É o estado de atividade incessante comum aos seres organizados. É o período que decorre entre o nascimento e a morte . Por extensão vida é… Continuar lendo

Daniel 1 e 2 – O que este judeu tem a dizer?

  Entre os filhos de Israel que foram levados cativos para Babilônia no início dos setenta anos do cativeiro havia judeus corajosos, homens que eram tão fiéis ao princípio como o aço, e… Continuar lendo

Sucót/Cabanas/Tabernáculos

O culto hebraico centrado nos ritos e dias de Festa do Tabernáculo ou do Templo se apresenta em imagens vívidas no livro do Apocalipse. O simbolismo do santuário parece permear tudo o que… Continuar lendo

Evidências – Especial Israel

Habessorá no Tanach

Em Gálatas 3:8, Shaul disse: “Também o Tanach, antevendo que D’us consideraria os gentios justos quando vivessem mediante a confiança e a fidelidade, contou antecipadamente as boas-novas a Avraham, dizendo: “Por meio de você, todos… Continuar lendo

Considerado Tsadik

4. Por que Shaul apelou primeiramente a Avraham ao examinar as Escrituras em busca de confirmação para sua mensagem? Gl 3:6 Avraham é uma figura central no judaísmo. Não somente foi o pai… Continuar lendo

Fundamentado nas Escrituras

Até Gálatas 3:5, Shaul defendeu a mensagem de sermos declarados justos por causa da emuná (fé) – justificação pela confiança – apelando ao acordo feito com os líderes em Yerushalayim (Gl 2:1-10) e… Continuar lendo

Gálatas estúpidos!

1. Leia Gálatas 3:1-5. Resuma abaixo o que Shaul disse a eles. Em que sentido podemos estar em perigo de cair na mesma armadilha espiritual, de começar bem e depois distorcer a guarda dos… Continuar lendo

Emuná e o Tanach

“O Messias nos redimiu da maldição pronunciada na Torá ao se tornar amaldiçoado em nosso lugar; porque o Tanach diz: ” Maldito todo aquele que é suspenso no madeiro ” (Gl 3:13 citando Dt 21:22,… Continuar lendo

A Torá Requer

“A Torá tem sido considerada longamente. Ela tem sido apresentada às congregações de modo quase tão destituído do conhecimento de Yeshua HaMashiach e de Sua relação para com a Torá como ocorreu com a oferta… Continuar lendo

A emuná promove o pecado?

Uma das principais acusações contra Shaul era a de que a mensagem da justificação pela confiança (emuná) apenas encorajava as pessoas a pecar (Rm 3:8; 6:1). Sem dúvida, os acusadores argumentavam que, se as… Continuar lendo

A Obediência da emuná

Shaul deixou claro que a emuná (fé) é absolutamente fundamental para a vida religiosa. É o meio pelo qual lançamos mão das promessas que temos no Mashiach. Mas o que é emuná, exatamente? O que… Continuar lendo

A Base da nossa Justiça

“Ser encontrado unido a ele, desprovido de qualquer justiça pessoal baseada no legalismo, possuidor, porém, da justiça decorrente da fidelidade do Mashiach, justiça proveniente de D’us com base na confiança.” (Fp. 3:9) Os judeus seguidores… Continuar lendo

O cumprimento da Torá

3. Shaul disse três vezes em Gl 2:16 que uma pessoa não é declarada justa por “cumprir mitzvot”. O que ele quis dizer com a expressão “cumprir leis da Torá”? O que os seguintes textos… Continuar lendo

A questão da “justificação” (ser declarado tsadik)

1. Em Gálatas 2:15, Paulo escreveu: “Somos judeus por nascimento e não ‘goyim pecadores´”. O que ele quis dizer com essas palavras? As palavras de Shaul devem ser entendidas no seu contexto. Na… Continuar lendo

Justificação, tsedaká, mitzvot e emuná?

Como vimos nos estudos anteriores, Shaul confrontou Kefa publicamente em Antioquia pela falta de coerência entre a fidelidade que ele defendia e o comportamento que ele apresentou. Na melhor das hipóteses, a decisão de Kefa… Continuar lendo

Mesmo os Melhores Homens

“Mesmo os melhores homens, se deixados a si mesmos, cometerão graves erros. Quanto mais responsabilidades forem colocadas sobre o agente humano, quanto mais elevada for sua posição para mandar e controlar, mais dano ele certamente… Continuar lendo